A SpaceX tem um enorme desafio pela frente: provar que a sua constelação de satélites Starlink consegue oferecer ao meio rural dos Estados Unidos velocidades de internet com latências inferiores a 100 milissegundos. Há um fundo federal de 16 mil milhões de dólares, ao longo dos próximos 10 anos, destinado a suportar o meio rural a ter acesso à banda larga e voz.

A Federal Communications Commission (FCC) tem dúvidas que a empresa de Elon Musk consiga obter os mínimos necessários para se candidatar à oferta de baixa latência, mas não a exclui do concurso. A SpaceX descorda e pretende provar que os satélites Starlink conseguem oferecer ligações com menos de 100 ms, refere a Ars Tecnica, sendo o seu objetivo apontar mesmo a latências com menos de 20 milissegundos, bem próximo da oferta de internet por cabo.

A FCC considera que tanto a Starlink como outros operadores que usam satélites em baixa órbita conseguem ter vantagens sobre os sistemas geoestacionários a mais elevadas altitudes. Mas no que diz respeito a latência, há outros fatores a considerar, como o processamento, o roteamento e o transporte do tráfego até ao seu destino.

O grande desafio da SpaceX é ter uma rede funcional a tempo de se candidatar aos fundos. A empresa planeia fazê-lo ainda este ano. No entanto, o leilão de acesso aos fundos está marcado para começar no dia 29 de outubro.

Neste sábado foram lançados mais 58 satélites Starlink ao espaço. O momento do seu lançamento a partir da Florida foi capturado com grandes emoções por quem testemunhou, pelas nuvens coloridas espalhadas pelo céu. Com sempre, o Falcon 9 descolou do Cabo Canaveral, com os seus fumos a serem cruzados com o sol da manhã, criando uma espécie de nuvens em tons de arco-íris, como pode ver nas imagens captadas no local.

Este oitavo envio, faz somar a contagem de 540 satélites da constelação Starlink no espaço.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.