O TravelMate X514-51 foi criado a pensar em profissionais que procuram um dispositivo fino e robusto, adequado a viagens frequentes. Apresenta um chassis de liga de magnésio-lítio e magnésio-alumínio, materiais duas a quatro vezes mais resistentes que as ligas de alumínio tradicionais, mas com 20-35% de peso a menos do que os modelos que usam outro tipo de materiais.

Com várias versões, estes notebooks são alimentados por processadores Intel Core i7 de oitava geração. Dispõem de memória RAM até 16GB e de armazenamento até dois discos SSD de 512GB.

O ecrã de 14 polegadas tem resolução Full HD (1920 x 1080) e o teclado é retroiluminado, de forma a facilitar a sua utilização em viagens de avião ou comboio e em baixa luminosidade.

Em comunicado oficial, a Acer refere também que a autonomia da bateria da série TravelMate X514-51 pode chegar até 10 horas, sendo capaz de suportar “um dia completo de reuniões ou um voo transantlântico numa só carga”, mas na verdade o tempo real depende do tipo de utilização que der ao dispositivo.

A empresa de Taiwan destaca ainda aquilo que descreve como “funções de segurança robustas”: leitor de impressões digitais embebido, chip Trusted Platform Module 2.0 para proteção de palavras-passe e o sistema instalado com o conjunto de ferramentas Acer ProShield, que pretendem contribuit para proteger os dados sensíveis.

O portátil já se encontra disponível com preços a começar nos 869 euros mais IVA, o que coloca a fasquia acima dos mil euros.

Nota da Redação: a notícia foi atualizada com mais informação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.