A Acer levou para a CES 2022 uma ampla gama de computadores portáteis. Ontem revelou a linha de Chromebooks para 2022, mas hoje foi a vez do gaming, destacando os portáteis e desktops da linha Predator, Helios e Nitro, assim como os ultraportáteis SwitftX e os all-in-one Aspire.

A linha de desktops Predator Orion 5000 foi atualizada com novos produtos, incluindo a linha média Orion 3000. Parte da coleção inclui ainda o monitor OLED Predator e outros monitores IPS. O monitor Predator X32 foi mesmo premiado pela organização do certame com a distinção de Inovação na categoria de periféricos e acessórios para computador.

O novo topo de gama de desktops, o Predator Orion 5000 entra na 12ª geração de processadores Intel Core i7, inclui uma gráfica NVidia GeForce RTX 3080, 64 GB de RAM DDR5 a 4000 MHx e até 2 TB de SSD M.2 PCIe 4.0. Está ainda equipado com um sistema de refrigeração baseado na tecnologia ARGB Predator FrostBlade 2.0, prometendo mais ganhos com o computador arrefecido. A caixa em vidro e o design do chassis permite o acesso fácil ao interior do computador, para que possa substituir os componentes que desejar.

Veja na galeria imagens dos novos desktop e monitores:

O Predator Orion 3000 também está equipado com um processador Intel Core i7 de 12ª geração, oferecendo uma gráfica GeForce RTX 3070. O computador de gama média, mas que ainda assim não se fica atrás em especificações, neste caso, inclui 64 GB de RAM DDR4 a 3200 MHz e 2 TB de SSD PCIe NVMe. Pode ainda aceder aos 6 TB de armazenamento HDD SATA 3 incluídos. De resto, tem o mesmo design de caixa do seu irmão mais velho Orion 5000.

Os dois computadores chegam ao mercado em março, sendo o Orion 5000 a partir de 1.999 euros e o Orion 3000 a partir de 1.299 euros.

Quanto a monitores, o Predator X32 e X32 FP são semelhantes, mas com performances diferentes, com taxas de atualização de 160 Hz e 165 Hz em overclock, respetivamente. Os dois apresentam 32 polegadas e resolução 4K, com certificações VESA DisplayHDR 1000. Os seus painéis são IPS e suportam escurecimento miniLED local em 576 zonas, tendo precisão de cor Delta E<2 e 99% de cobertura AdobeRGB. O X32 suporta ainda NVidia G-Sync Ultimate, sendo o monitor premiado pela CES.

O modelo Predator X32 FP tem uma porta HDMI 2.1 para gaming a 4K, não apenas a partir de PC, mas também de consolas. Tem tempo de resposta de 1 ms, suportando tecnologia AMD FreeSync Premium Pro. Tem ainda uma porta USB-C para fornecimento de energia até 90 W.

Indicado para substituir um televisor no gaming, o Predator CG48 apresenta 48 polegadas, com imagem a 4K, prometendo taxas de atualização de 138 Hz, ideal para jogar nas consolas de nova geração. Tem HDMI 2.1 e DisplayPort 1.4, assim como quatro portas USB 3.2 e uma USB-C para ligar periféricos adicionais. Suporta AMD FreeSync Premium Pro e tem um tempo de resposta até 0,1 ms.

Os monitores chegam no segundo e terceiro trimestre do ano, sendo que o Predator X32 vai custar 1.899 euros, o X32 FP a partir de 1.599 euros e o CG48 a partir de 2.199 euros.

Portáteis de gaming Predator Triton, Helios e Nitro

Para os jogadores que necessitam de computadores portáteis, igualmente poderosos para gaming, a Acer refrescou igualmente as suas três gamas, a Triton, Helios e Nitro. Todos os modelos oferecem o processador Intel Core de 12ª geração e placas gráficas GeForce RTX 30. Já o Acer Nitro 5 tem como opções os processadores da AMD Ryzen gama 6000. E para que não falte conteúdo, todos os modelos incluem um mês de oferta do serviço Xbox Game Pass, para que tenham acesso a uma vasta biblioteca de novidades para testar as máquinas.

Relativamente ao Predator Triton 500 SE, trata-se de uma edição especial para entusiastas de gaming, mas que poderá servir também para o trabalho. Tem um processador i9 da Intel, uma gráfica GeForce RTX 3080 Ti e até 32 GB de RAM LPDDR5 a 5200 MHz. Tem ainda 2 TB de armazenamento PCIe Gen4. Oferece um sistema de arrefecimento de três ventoinhas, incluindo duas AeroBlade 3D de 5ª geração com 89 lâminas cada. A tecnologia junta-se a diversos outros sistemas para garantir um arrefecimento da máquina, melhorando a sua performance, assim como uma boa autonomia graças à sua bateria de 99,98 Wh.

Veja na galeria imagens dos novos portáteis de gaming da Acer:

O portátil tem um ecrã de 16 polegadas (2560x1600), com uma taxa de atualização de 250 Hz e tempo de resposta de 3 ms. Tem ainda tecnologia NVidia G-Sync, brilho de 500 nits, 100% cobertura de gama de cores DCI-P3 e formato de ecrã 16:10. Utiliza ainda um leitor de cartões SD 7.0 para criadores de conteúdos descarregarem os seus trabalhos de vídeo ou fotografia. Tem várias portas USB 3.2 Gen2, duas Thunderbolt 4 Tipo-C, com suporte a DisplayPort e Power Delivery. A porta HDMI 2.1 garante jogar jogos 4K a 120 Hz.

O Predator Helios 300 oferece configurações de processador até Intel i7 de 12ª geração, podendo optar por um GPU GeForce RTX 3080 ou 3070 Ti. Tem 32 GB de RAM DDR5 a 4800 MHz e até 2 TB de SSD PCIe Gen4 RAID 0. Tem um ecrã IPS de 15,6 polegadas (com opção de um tamanho de 17,3 polegadas), com resolução 2560x1440 e taxa de atualização de 165 Hz. O portátil aposta ainda configurações de arrefecimento e conetividade semelhante aos restantes modelos da gama.

Por fim, o Acer Nitro 5 apresenta um processador Intel i7 de 12ª geração e até GPU NVidia GeForce RTX 3070 Ti. Tem um par de ranhuras para SSDs M.2 PCIe Gen 4, 32 GB de RAM DDR4 a 3200. Tem um painel QHD a 165 Hz e tempo de resposta de 3 ms. Pode optar por processador AMD Ryzen 6000 ou optar por memórias RAM de nova geração DDR5. É um dos modelos mais versáteis, que o utilizador pode configurar a nível de processadores, memórias e armazenamento, assim como diferentes opções de painéis, a 144 Hz ou 165 Hz, ambos com AMD FreeSync. Também pode optar por ecrãs de 17,3 polegadas, com as mesmas taxas.

Quanto a preços, o Triton 500 SE chega em fevereiro a partir de 3,499 euros. O Helios 300 chega no mesmo mês, a partir de 2.299 euros para a versão de 15,6 polegadas, mas por mais 100 euros pode levar a versão de 17,3 polegadas. O Acer Nitro 5 Intel chega em fevereiro a partir dos 1.549 euros e a versão AMD por 1.599 euros (abril), ambos com ecrãs de 15,6 polegadas. Os mesmos portáteis, mas de 17,3 polegadas chegam ao mercado por 1.649 e 1.699 euros, respetivamente, sendo o primeiro lançado em março e o segundo em abril.

Os ultraportáteis da gama Swift X e all-in-one Aspire

Além dos computadores portáteis para gaming, a Acer atualizou as suas linhas de produtividade. Na manga tem duas novidades na sua linha de portáteis finos e leves da gama Swift X, com ecrãs de 14 e 16 polegadas. E também os modelos Aspire C27 e C24 All-in-one. Todos os modelos foram atualizados com os mais recentes processadores da Intel de 12ª geração.

Quanto ao Swift X de 14 polegadas, este conta com uma gráfica GeForce RTX 3050 Ti num chassis com 17,9 mm. A versão de 16 polegadas tem uma configuração da plataforma Intel Evo, de forma a ser rápido e económico. Os dois modelos já têm Windows 11, ecrãs LCD IPS, formato 16:10 e resoluções de 2240x1400 para o modelo de 14 polegadas e 2560x1600 para o de 16. Ambos cobrem o espaço de cor sRGB a 100% e oferecem 400 nits de brilho.

Veja na galeria fotos dos novos ultraportáteis e workstations da Acer:

Podem ser configurados até 16 GB de RAM LPDDR5 e 2 TB de armazenamento PCIe SSD, suportando ainda conetividade Wi-Fi 6E. Ambos têm duas portas USB 3.2 Gen 2 Tipo A, uma saída HDMI 2.0 e leitor de impressões digitais.

Quanto às workstations Aspire C27 e C24, com 27 e 24 polegadas, respetivamente, apresentam processadores Intel i7, GPUs GeForce MX550 e 64 GB de RAM DDR. Têm ainda SSDs de 1 TB e 2 TB. Quanto a conetividade conte com Wi-fi 6E, Bluetooth 5.2 e Thunderbolt 4. Tendo em vista o teletrabalho, os computadores oferecem uma webcam de 5 MP e dois microfones para aumentar a qualidade de comunicação.

Os preços destes computadores e a data de lançamento não foram ainda revelados.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.