A Portugal Space terá como missão a promoção e execução da estratégia Portugal Espaço 2030, conforme explica a nota de imprensa do Conselho de Ministros e será também responsável pela gestão dos programas nacionais na área do espaço. Terá igualmente a cargo, a implementação e promoção de programas internacionais que envolvem Portugal, como a iniciativa AZORES International Satellite launch Programme, AZORES ISLP.

A fundação da nova instituição portuguesa vai acontecer a partir da associação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia à Agência Nacional de Inovação, “a uma entidade na área da Defesa Nacional e a uma entidade a indicar pela Região Autónoma dos Açores, com a colaboração da Agência Espacial Europeia”, precisa o comunicado.

A estratégia Portugal Espaço 2030 propõe-se reforçar a investigação e o desenvolvimento de tecnologia, levar a cabo ações de divulgação científica e estimular a colaboração entre instituições e empresas.

Em concreto prevê levar ao terreno projetos-piloto em diversas áreas, envolvendo a participação de entidades nacionais e estrangeiras. Cabem neste leque: usar dados de satélite para fazer a monitorização do estado de estradas, pontes e barragens; prevenir riscos de sismo; ajudar na gestão das florestas e prevenir fogos; monitorizar o clima; prestar apoio à pesca e promover a segurança marítima; ou difundir conteúdos educativos em massa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.