Um grupo de adeptos do Young Boys manifestou-se contra o investimento do clube nos eSports. Na última partida que a equipa disputou contra o Basileia, a contar para a Swiss Super League, o estádio viu chegar ao relvado uma chuva de bolas de ténis e comandos da PlayStation onde, de acordo com a IGN, se podia ler obscenidades contra os videojogos de competição. Adicionalmente, os fãs de ambas as equipas exibiram uma tarja conjunta com um botão de "pausa" gigante.

eSports mais perto de serem adicionados aos Jogos Olímpicos
eSports mais perto de serem adicionados aos Jogos Olímpicos
Ver artigo

Perante o sucedido, o árbitro mandou interromper a partida e o relvado foi limpo. O jogo foi retomado poucos minutos depois.

O investimento nos eSports tem sido uma estratégia adotada por vários clubes desportivos em toda a Europa. Em Portugal, emblemas como o Sporting, o Estoril, Académica, Rio Ave e Braga já criaram equipas para esta modalidade.

Na página oficial da claque do Young Boys, a Ostkurve Bern, pode ler-se a seguinte mensagem, publicada no seguimento do protesto:

"Estamos contra os eSports! Não tem nada a ver com o desporto e com os valores do clube. O único objetivo é o lucro! Enquanto clube, devemos promover o exercício físico como prática saudável. Além disso, o futebol é um desporto de equipa e não individual".

Segundo o jornal A Bola, a Liga Suíça vai criar um campeonato de eSports que tem início marcado para março de 2019.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.