Bastou um segundo adicional para alguns dos mais populares sites e serviços online entrarem em falha. O ajuste da hora internacional feito pelo International Earth Rotation and Reference Systems Service, no passado sábado, de modo a manter os relógios atómicos sincronizados com a rotação da terra, acabou por colocar parcial ou mesmo totalmente em baixo algumas redes sociais, sites e serviços online.



LinkedIn, StumbleUpon, Mozilla, FourSquare, Reddit, Yelp e o site de media Gawker foram apenas alguns dos serviços afetados pela alteração da hora, deixando os respetivos servidores em baixo ou parcialmente inoperativos - na sua maioria baseados em plataformas open source e Java.



Por exemplo, a empresa responsável pelo browser Firefox - a Mozilla - anunciou no dia 30 de Junho que "os servidores de aplicações Java como a Hadoop e ElasticSearch parecem não estar a funcionar", referindo que "acreditamos estar relacionado com o leap second desta noite, pois ocorreu exatamente às 0h00 GMT".



Já o agregador de links Reddit, num tweet enviado no dia 1 de Julho, adiantava estar a ter "alguns problemas ligados aos servidores baseados em plataformas Java/Cassandra devido ao leap second".



Se algumas empresas acabaram por ser "apanhadas" por mais uma ajuste mundial da hora, outras houve que souberam aproveitar os problemas causados em ajustes anteriores para prevenir falhas nos servidores. A Google, que em 2005 teve vários dos seus servidores em baixo devido a um ajuste do género, optou desta vez por ir adicionando vários milisegundos ao longo de um dia, de modo a evitar o impacto; e conseguiu.



40 anos de ajustes horários

O ajuste da hora internacional realiza-se desde 1972, ano em que foi criado o International Earth Rotation and Reference Systems Service (IERS).



Desde então já se efetuaram 25 ajustes à hora internacional, sempre com o mesmo objetivo: sincronizar a hora mundial com a velocidade da rotação da terra e a duração de um dia solar, que está cada vez mais longo.



De acordo com informações da Nasa, a cada 100 anos as forças das marés e a sua relação entre a Terra e a Lua provocam um atraso de 1,4 milisegundo na rotação da Terra.



Nota de redação: Foi corrigida uma gralha.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.