Os processadores dual-core para servidores e computadores desktop da Advanced Micro Devices (AMD) deverão surgir durante o próximo ano, segundo anunciou ontem a empresa, o mesmo quadro temporal que a sua rival Intel escolheu para apresentar produtos idênticos.



Em comunicado, a fabricante de chips refere ter completado o desenvolvimento dos processadores Opteron e Athlon 64 dual-core que ficarão disponíveis durante a segunda metade de 2005.



Os Opteron e os Athlon de 64 bits irão diferir no tamanho da cache, frequência e número de ligações input/output, mas o core do processador será funcionalmente o mesmo. Existem três versões do Opteron dual-core com o nome de código Egypt, Italy e Denmark. O único dual-core para desktop é conhecido como Toledo.



Um dual-core é constituído basicamente por dois chips separados que funcionam como um processador único, obtendo um melhor desempenho do que os chips single-core na maioria das aplicações multi-tarefa, enquanto correm a uma velocidade de relógio mais baixa e consomem menos energia.



São várias a fabricantes que estão a apostar no design dual-core como forma de melhorar o desempenho dos processadores de futura geração sem a preocupação do aumento dos níveis de consumo de energia registado nos processadores single-core, como é o caso da Intel (ver Notícias Relacionadas).



Os primeiros chips dual-core da AMD serão fabricados a partir do processo de 90 nanómetros, que começou recentemente a ser utilizado pela fabricante.



Notícias Relacionadas:

2004-05-23 - Entrevista: "Ainda não há necessidade real da tecnologia de 64 bits para o consumidor individual"

2004-05-07 - Intel cancela produção de nova geração de processadores Pentium 4 e Xeon

2004-05-06 - AMD combina arquitectura de 32 e 64 bits em dois novos modelos Athlon

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.