A fabricante de chips AMD anunciou que vai descontinuar a marca ATI, embora mantenha os nomes das suas gamas mais populares, Radeon e Firepro. Estas linhas de chips de processamento gráfico passam a contar, por agora, apenas com a referência à marca AMD, mas mesmo esta deverá ser abandonada de futuro, num esforço para "simplificar a experiência de compra".

Um inquérito aos consumidores encomendado pela fabricante demonstrou que uma "larga maioria" está consciente da aquisição da ATI pela AMD (que aconteceu em 2006) o que dá à empresa a confiança para abandonar, gradualmente, a marca.

O processo deverá começar no último trimestre deste ano e estar concluído em Setembro de 2011, avançaram os responsáveis citados pela Vnu-net, num período de transição que durará cerca de um ano, e que estes consideram ser "muito mais tempo do que seria necessário".

Para além da marca ATI, serão abandonados os nomes de chips como o Athlon, Phenom, Sempron e Turion, que serão substituídos pela marca genérica Vision. Designação que será também atribuída aos produtos da linha actualmente designada de Fusion.

Apesar do esforço de "simplificação", a empresa optou por manter a marca de processadores para servidores Opteron.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.