A AMD anunciou no final da semana passada detalhes da sua estratégia de médio prazo e mostrou um road map atualizado de lançamentos para os próximos tempos. Naquela que foi uma das primeiras interações do novo CEO da empresa com analistas, a AMD deixou claro que quer marcar uma posição na área da mobilidade, mas que isso não passa pelos smartphones, um mercado lotado e pouco rentável.



Os tablets, bem como os ultraportáteis, são claramente áreas de interesse da fabricante, que iniciou um processo de reestruturação em novembro do ano passado, tal como como os mercados emergentes e a cloud.



"Vamos concentrar esforços em clientes e mobilidade […] Não estou a sugerir que pretendemos apostar nos telemóveis inteligentes, um espaço bastante lotado e com margens baixas", garantiu Rory Read em declarações à Reuters.



"Vamos concentrar-nos na mobilidade dos clientes, com produtos leves e finos", acrescentou o mesmo responsável.



Uma das grandes novidades é o facto da AMD passar a concentrar a aposta no design SoC - System on a Chip para onde pretende migrar as suas APU (Accelerated Processing Unit - que combinam elementos do CPU e do GPU na mesma arquitetura) até 2013.



Na mesma altura a empresa planeia levar a maior parte das linhas de produto (exceção para os PCs topo de gama) para os 28 nanómetros, alterações que lhe permitirão chegar mais rapidamente ao mercado e com custos mais controlados, espera-se.



A fabricante anunciou por isso alterações ao roadmap de lançamentos para 2012 e 2013 nos CPU e APU, alterações que, conforme explica uma nota de imprensa, acontecem para dar resposta às exigências dos fabricantes em termos de formatos de equipamentos.



Como é possível perceber no quadro, a fabricante planeia atualizar os processadores Brazos e Trinity, ainda este ano. Para 2012 há mais uma novidade em carteira: o lançamento da APU Hondo, a primeira especificamente desenhada para tablets e com um timing de lançamento a pensar no Windows 8.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Em 2013 chegam ao mercado as primeiras APU com design SoC, conhecidas para já pelo nome de código Kabini e Temash. Em 2013 chega também a APU Kaveri, baseada nos processadores Steamroller.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.