O spam atingiu níveis recorde entre Julho e Setembro últimos, assim como o malware e outras ameaças que "circulam" na Internet, mostram os dados mais recentes da McAfee.

A empresa de segurança refere que o correio não-solicitado somou 92 por cento de todas as mensagens de email trocadas no terceiro trimestre deste ano, valor que mostra um crescimento de 24 por cento comparativamente ao mesmo período de 2008.

O relatório sugere igualmente que os ataques a partir da Web são agora um dos recursos mais usados, seja na forma de páginas maliciosas, redireccionamentos, sites legitimos "hackados", mensagens de phishing ou através das redes sociais.

A utilização de ataques de negação de serviço (DoS) também cresceu entre Julho e Setembro, nomeadamente com motivação política, com a empresa de segurança a referir que registou alguns ataques promovidos por individuos ou grupos com o objectivo de silenciar facções políticas opostas ou retaliar opiniões ou normas governamentais.

Já o número de novos PCs zombie baixou em um milhão face ao terceiro trimestre de 2008, passando para 13 milhões. A queda modesta não impede que os números impressionem: a McAfee estima que as botnets tenham comprometido uma média de 148 mil computadores por dia durante este ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.