http://imgs.sapo.pt/gfx/279499.gif


Tal como esperado, coube a Steve Jobs, director executivo da Apple, apresentar as principais novidades no maior evento anual de Mac, a Macworld, entre eles uma versão mini do desktop Mac, com preços entre os 499 e os 599 dólares, dependendo da capacidade do disco, de modo a concorrer de forma mais efectiva no mercado dos computadores pessoais.



Os Mac Minis - que serão colocados à venda a partir de 22 de Janeiro - são máquinas de dimensão muito reduzida, com processador, disco rígido e drive óptica e a particularidade de não apresentarem monitor, rato e teclado. Os computadores integram o Panther, a versão mais recente do sistema operativo OS X da Apple e o conjunto de aplicações de media digitais iLife. "Este é o Mac mais barato de sempre. Aqueles que estão a pensar em mudar não terão mais desculpas", afirmou Steve Jobs durante o seu discurso.



Com a introdução dos Mac Mini, o co-fundador da Apple prevê aumentar em três por cento a quota de mercado actual da empresa nos Estados Unidos para o sector dos computadores pessoais.



A par da versão de dimensão e preço reduzidos do Mac, a Apple colocará no mercado, de forma imediata, um novo iPod, ainda mais mini do que o modelo propriamente dito já existente. O iPod Shuffle funciona através de memória flash, em vez de integrar disco rígido como é habitual na gama, e está disponível em duas versões: a de 512 MB para uma capacidade de arquivo de 120 músicas, pelo preço de 99 dólares, e a de 1 GB, com o dobro da capacidade de armazenamento, pelo preço de 149 dólares.



Do tamanho e peso de uma caixa de pastilhas, os novos leitores de música Shuffle diferem igualmente dos modelos iPod anteriores por não apresentarem ecrã, já que o dispositivo passa música gravada de forma aleatória. Integram contudo a tradicional roda de navegação, podendo os utilizadores avançar ou recuar na sua biblioteca.



No seguimento das notícias iPod, Steve Jobs acrescentou que a Apple vendeu 4,5 milhões de unidades do seu leitor de música portátil durante o último trimestre de 2004, adiantando ao mesmo tempo que a Mercedes, a Volvo, a Nissan e outros fabricantes de automóveis irão juntar-se à BMW na oferta de adaptadores iPod nos seus carros.



O discurso de Steve Jobs foi ainda pautado pelo anúncio do lançamento, na próxima semana, de um pacote de produtividade próprio para sistemas Macintosh, de nome iWork, e pela revelação de alguns pormenores sobre a "Tiger", a futura versão do Mac OS X.



Com lançamento marcado ainda para este semestre, "garantidamente antes do que a próxima versão do sistema operativo da Microsoft", lembrou Steve Jobs, o Tiger integrará o Spotlight, uma aplicação de busca para o desktop, a par do QuickTime 7 e do Dashboard, um novo interface que permitirá aos utilizadores mudarem rapidamente entre pequenas aplicações, como uma calculadora, tradutor de línguas ou previsões de tempo.



Notícias Relacionadas:

2005-01-07 - Motorola mostra telemóvel compatível com iTunes na CES

2004-10-27 - Apple estende iTunes Music Store na Europa incluindo Portugal

2004-09-08 - Apple contrata nova fabricante para aumentar produção de mini iPods

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.