Foi identificado um novo vírus que poderá atacar o sistema operativo da Microsoft para smartphones e Pocket PCs, o Windows CE. A informação foi avançada pela empresa de segurança romena BitDefender que teve acesso ao conceito do vírus enviado por um hacker, que actua com o nome de código Ratter, pertencente ao grupo 29A VX.



O grupo a que pertence Ratter foi também o autor do primeiro vírus susceptível de atacar os telemóveis com sistema operativo Symbian. Ambas as versões não passam de conceitos, mas assumem-se como as primeiras vulnerabilidades detectadas em cada um dos sistemas operativos.



Já vários especialistas haviam alertado para a possibilidade de os dispositivos móveis e mesmo os telefones IP se poderem tornar alvos preferenciais dos criadores de vírus, mas até à data não havia registos de tentativas de ataques. O autor dos vírus optou por distribuir o código junto de empresas de segurança, ao invés de pôr em prática o código malicioso.



Ao contrário do Cabir (primeiro vírus conceptual para telemóveis) que só entraria em acção caso o utilizador fizesse o download de uma peça de software (modelo que os especialistas perceberam ser pouco eficaz), o WinCE4.Dust exibe uma caixa de mensagem pedindo permissão ao utilizador para correr outros ficheiros, o que aumenta a possibilidade dos utilizadores serem enganados.



O Windows CE é utilizado por cerca de 17 milhões de Pocket PCs, smartphones e outros dispositivos móveis.


Notícias Relacionadas:

2004-06-16 - Primeiro worm que infecta telemóveis sem grande risco

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.