O novo tablet Curie da marca espanhola bq vai chegar a Portugal "daqui a uma ou duas semanas", a tempo das vendas de Natal. A garantia foi dada por Rodrigo del Prado, vice-presidente de produtos da bq, durante a apresentação do dispositivo em Madrid.

O bq Curie tem um ecrã IPS de oito polegadas com uma resolução de 1024x768 pixéis, um processador de dois núcleos Cortex A9 a 1,4Ghz, uma unidade de processamento gráfico quad-core Mali-400 e um armazenamento interno de 16GB. O dispositivo vem ainda equipado com 1GB de memória RAM, entrada para cartões microSD, câmara frontal VGA e câmara traseira de dois megapixéis.

A bateria é de 5000 mAh, o que deverá garantir uma boa autonomia ao Curie. O sistema operativo é Android 4.1.1 e possivelmente receberá a mais recente versão do Jelly Bean (4.2), mas o responsável pela bq não deu certezas porque o processo de atualização também depende do suporte que é dado pelas fabricantes de chips.



[caption]bq-curie-02[/caption]



[caption]bq-curie-05[/caption]

"A bq está confiante no sucesso do novo tablet e espera que o tablet Curie venda bastante, muito por causa do ecrã de oito polegadas e do formato 4:3, que na opinião de Rodrigo del Prado, é o form factor ideal para este tipo de dispositivos".

A estratégia da relação qualidade-preço dos dispositivos é declaradamente um dos "segredos" da bq e a marca vai continuar a manter o mesmo pensamento. O estilo low-cost serve também para o modo de funcionamento da empresa, e por isso é que a abertura de um escritório em Portugal está fora de questão de momento.

Rodrigo del Prado contou ao TeK que a proximidade que existe entre Lisboa e Madrid não justifica o investimento económico de uma possível localização física em Portugal.

O mercado português é importante para a estratégia da bq, ainda que o volume de vendas seja muito inferior ao registado em Espanha. No mercado nacional a empresa diz ter vendido perto de 40 mil dispositivos entre e-readers e tablets, mas os dispositivos Android representam a maior parte do volume de negócios a nível ibérico. Entre 85 a 90% dos dispositivos que a empresa vende são tablets, e só em Espanha foram vendidos 450 mil unidades das várias gamas de produtos.

A empresa espera agora entrar noutros mercados durante o ano de 2013, e por isso as perspetivas são de crescimento. O clima de confiança mantém-se também para Portugal onde a empresa espera continuar a crescer. "De certeza que vamos ser uma marca mais conhecida em 2013", comentou Rodrigo del Prado.

A bq estima fechar 2012 com receitas de 35 milhões de euros.

Escrito ao abrigo do novo Acordo
Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.