Numa altura em que os ataques cibernéticos têm marcado o período de pandemia de COVID-19, Bruxelas anuncia um programa de financiamento de 38 milhões de euros na área da segurança. Através do Horizonte 2020, o programa de investigação e inovação pretende apoiar "projetos inovadores" no campo da proteção da infraestrutura crítica contra ameaças cibernéticas e físicas. Um dos cinco escolhidos é um projeto nacional.

ENSURESEC é o nome do projeto português coordenado pelo Instituto de Novas Tecnologias (INOV INESC), que irá receber cerca de 7,7 milhões de euros da Comissão Europeia (CE). Como explica a CE, a solução pretende proteger as operações de comércio eletrónico contra ameaças cibernéticas e físicas. Com início a 1 de junho, o projeto está previsto para terminar a 31 de maio de 2022.

Para isso, o sistema combina um "kit de ferramentas automático e rigoroso" de open source. Para além da monitorização do impacto das ameaças no espaço físico, está também prevista uma campanha de sensibilização para pequenas e médias empresas e cidadãos. O sistema gere ameaças que variam desde apps maliciosas de ecommerce, problemas de entrega ou fraudes cometidas por utilizadores internos ou clientes.

No total, o programa, que quer ainda tornar as cidades mais inteligentes e seguras, selecionou outros quatros projetos da Grécia, Alemanha, Espanha e Itália. Com datas de início previstas entre junho e outubro deste ano, todas as cinco soluções vão estar a ser desenvolvidas durante quatro anos ao abrigo do programa. À Agência de Execução para a Investigação caberá gerir as cinco iniciativas. O organismo da União Europeia irá ainda finalizar a preparação das soluções e a assinatura de acordos com os beneficiários.

Em comunicado, Mariya Gabriel, Comissária para Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude mostra-se satisfeita por uma Europa que pode contar com mais soluções na área da segurança. "Estou satisfeita por podermos oferecer mais um valor significativo de financiamento através do Horizonte 2020 para soluções de segurança, privacidade e mitigação de ameaças".

Todos os projetos foram selecionados através da call "Protecting the infrastructure of Europe and the people in the European smart cities", sob o Desafio Societal 7 "Sociedades seguras", lançado a 14 de março de 2019.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.