A empresa portuguesa Caixa Mágica Software foi convidada pelos líderes do projecto de investigação em software livre EDOS a participar neste consórcio que reúne os players do mercado e Centros de Investigação e é financiado pelo sexto programa quadro da União Europeia. Segundo informação disponibilizada hoje, a Comissão Europeia deu já o aval a esta participação da Caixa Mágica, que integra assim este projecto do qual se espera um impacto significativo no desenvolvimento das futuras versões de software open source.



Paulo Trezentos sublinhou em declarações ao TeK que este projecto se reveste da maior importância para a empresa Caixa Mágica mas também para o software desenvolvido. "Para nós é importantíssimo, não só pelo reconhecimento, mas pelo know-how gerado no consórcio e que nos permitirá melhorar os nossos produtos. Também demonstra como uma empresa portuguesa pode participar no desenvolvimento de tecnologia "bleeding-edge" em sistemas operativos", afirma o Director Técnico da Caixa Mágica Software.



O projecto EDOS tem como objectivo desenvolver e melhorar as tecnologias de Software livre/aberto para a sua eficaz criação e distribuição, sendo financiado pelo Sexto Programa-quadro, com uma dotação financeira de 3,3 milhões de euros do Programa IST.



A Caixa Mágica substitui no consórcio a SOT, uma distribuição Linux
finlandesa que aparentemente demonstrou dificuldade financeiras o que levaram à incapacidade de trabalhar no nível exigido pelo projecto. O convite à empresa portuguesa surgiu depois de uma avaliação do perfil tecnológico e de negócio, sendo oficiosamente realizado em Julho mas formalizado só em Agosto.

A equipa da Caixa Mágica vai trabalhar principalmente no WP 2 (Novel management of OSS software production), WP3 (Testing and Quality Assurance) e WP5 (Extracting a generic API from the tools description), confirmou Paulo Trezentos ao TeK, três workpackages muito técnicos e que incidem sobre áreas em que já
tem uma forte experiência.

A ligação e sinergias de trabalho entre as várias equipas de Inovação e Desenvolvimento de cada parceiro é destacada por Paulo Trezentos como uma das principais mais valias do projecto, a que se junta a integração dos resultados do projecto na tecnologia da empresa. "Esta integração não vai ocorrer apenas em 2007, no
final do projecto, mas durante todo o seu desenrolar. Cada lançamento de
uma nova versão de Linux Caixa Mágica incluirá os conceitos que forem
sendo trabalhados. Para esse efeito, temos planeado uma forte integração entre os elementos da equipa de criação de novas versões CM e os elementos que integrarão o projecto EDOS", sublinha.




Espera-se que os resultados do projecto tenham também impacto em futuras versões de software open source de sistemas Linux da Mandriva, para além de ERPs como a Compiére, Nuxeo e Nexedi.

Este é o primeiro projecto do Sexto Programa-quadro em que a Caixa Mágica Software participa mas dentro da empresa existe já uma vasta experiência de projectos europeus através da ADETTI, o seu parceiro de inovação e origem do projecto da distribuição portuguesa de Linux.

Nota de Redacção: [2005-08-22 13:04:00] A notícia foi actualizada com mais informação entretanto recolhida.

Notícias Relacionadas:

2005-07-25 - Linux Caixa Mágica mais perto da Justiça

2005-03-23 - Lançamento de Caixa Mágica Desktop 10 Pro marca Evento Linux 2005

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.