A violência física deixou há muito de ser a única forma de retaliação que jovens e crianças encontram para resolver rivalidades consideradas sérias no seio da escola. O fenómeno do cyberbulling está a crescer e a preocupar cada vez mais educadores e professores.

As ferramentas tecnológicas como o telemóvel e a Internet são usados para intimidar ou difamar o colega com quem existe um problema por resolver, em processos que muitas vezes decorrem sem que os dois intervenientes precisem sequer de estar cara-a-cara.

O Estado da Califórnia nos Estados Unidos está a preparar legislação para reprimir este tipo de acção, que à medida que as novas tecnologias ganham relevância entre os jovens, se tem vindo a tornar mais expressiva.

O pacote legislativo, que já recebeu uma primeira aprovação do Senado e está agora em fase de inclusão de algumas emendas, deverá chegar em breve às mãos do governador do Estado, Arnold Schwarzenegger.

Prevê a suspensão temporária de alunos, a expulsão definitiva da escola pela prática de ofensas via computador, telemóvel ou pager.




Notícias Relacionadas:

2007-09-21 - Governo britânico implementa medidas anti-bullying no regresso às aulas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.