O estudo, publicado pela Cornell University, testou a habilidade de "adquirir, dominar, criar e retornar conhecimento" de cerca de 50 sistemas de inteligência artificial e também de três humanos com 18, 12 e 6 anos.

O AlphaGo, computador do Google que venceu campeões mundiais em Go - individuais e em equipa - é considerado o mais avançado da sua "espécie", conseguindo o valor mais alto num teste de QI, com 47,28 pontos, mais do que o dobro da Siri da Apple, por exemplo.

No entanto, este valor não foi o suficiente para ultrapassar a “concorrência humana”, com a criança de 6 anos a ter um resultado de 55,5 pontos.

Apesar da derrota, há boas notícias para o mundo da IA. O primeiro teste foi realizado em 2014, com a IA da Google a obter 26,5 pontos.  O valor de 47,28 pontos, alcançado em 2016, mostra uma melhoria significativa e fez dela a inteligência artificial a crescer mais rapidamente entre todas as testadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.