A Panda Software alerta todos os internautas para uma nova variante do worm Spamta, uma versão baseada no código malicioso SpamtaLoad.BL que se propaga por email.



Em apenas 12 horas os laboratórios da empresa de segurança detectaram vários incidentes provocados pelo worm que utiliza a distracção dos utilizadores como veículo para atacar as máquinas.



Desta forma, os utilizadores podem receber mensagens com textos falsos, nomeadamente, avisos de correio não entregue, que incluem anexos com extensões CMD, DAT, EXE, PIF ou SCR, responsáveis pela execução dos códigos maliciosos.



Por acharem que estão protegidos, os utilizadores têm tendência a abrir os ficheiros e, consequentemente, troianos como o Brtiz podem atacar os computadores, roubando passwords de acesso a páginas bancárias, ou outras, sem que sejam detectados pelos sistemas de protecção.



Paulo Silva, director técnico da Panda Software em Portugal, afirma em comunicado que "este tipo de actividade por vezes aumenta na época natalícia, e com os utilizadores a efectuarem mais compras online, a segurança dos seus sistemas pode ser comprometida" caso não disponham de protecção informática adequada.

Notícias Relacionadas:

2006-11-27 - Ataques de phishing aumentam durante época de Natal

2006-10-17 - Novos troianos ocultam acções maliciosas através de funções rootkit

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.