Os drones continuam a ser protagonistas de histórias bizarras, infelizmente, desta vez ligadas ao crime. O site Defense One narra um caso insólito sobre uma tentativa do FBI de salvar reféns impedida quando os criminosos lançaram drones para bloquear a sua visão de um posto de observação elevado. Imagine um “enxame” de pequenos dispositivos voadores a rodopiarem em torno dos agentes, cegando-os, o que fez com que perdessem a vantagem estratégica sobre os alvos criminosos.

O porta-voz do FBI refere que os suspeitos anteciparam a chegada da equipa de salvamento, preparando os drones no local. E como se não bastasse, através dos dispositivos voadores, os criminosos mantiveram a vigilância sobre as forças da lei através de vídeo processado em streaming no YouTube, permitindo aos membros do gang antecipar-se através dos telemóveis.

Os drones estão cada vez mais inteligentes e as empresas agradecem
Os drones estão cada vez mais inteligentes e as empresas agradecem
Ver artigo

A polícia afirma que os grupos organizados estão a utilizar cada vez mais dispositivos como os drones nas suas atividades criminosas, seja como estratégia de vigilância ou para ameaçar testemunhas. Muitos utilizam a tecnologia para planear assaltos, analisando locais de infiltração ou vigiando os seguranças, registando os seus padrões de comportamento.

São já vários os relatos de exemplos práticos de como os drones são utilizados em crimes perpetuados. Por exemplo, durante operações de contrabando num porto, os criminosos mantiveram a carga sob vigilância, fazendo disparar alarmes falsos de emergência sempre que alguma autoridade se aproximasse do local. Noutras situações, os drones foram usados para controlar passagens ilegais em locais fronteiriços.

Apesar dos agentes da lei começarem a utilizar sistemas de bloqueio de sinais em locais vitais, estes ainda interferem com os dispositivos de comunicação. A solução encontrada para já, para evitar a proliferação de mais crimes, é a lei que obriga ao registo dos drones às pessoas, sendo os seus utilizadores identificados mais rapidamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.