Se o tema for emprego a opinião geral pode levantar mais receios do que encontrar oportunidades, mas para a maioria das pessoas esta é uma ameaça longínqua e que dificilmente se concretizará na sua geração.

Para 65% dos norte-americanos – residentes no país onde estão boa parte dos grandes investimentos em robótica - ouvidos numa pesquisa da Pew Internet, em meia década os robots terão capacidade para assegurar quase todas as tarefas que hoje desempenhamos a nível profissional.  

Os inquiridos acreditam que entre máquinas e software, as funções profissionais que hoje são desempenhadas por humanos terão um tipo diferente de concorrência. No entanto, 80% dos mesmos inquiridos confia que a sua função profissional vai manter-se sem grandes alterações no mesmo horizonte temporal, enquanto 35% estão completamente convencidos de que a função que desempenham vai manter-se exatamente igual ao que é hoje.

Os mais novos (com idades entre os 18 e os 29 anos) são os mais convictos de que o seu posto de trabalho não irá sofrer alterações de fundo em 50 anos. Só 6% dos inquiridos na pesquisa acreditam que o seu trabalho não existirá de todo daqui a 50 anos e apenas 11% demonstram preocupação com a perda do seu posto de trabalho.  

Os mais desconfiados em relação à capacidade das máquinas para substituir o seu posto de trabalho são os inquiridos com um nível de formação mais elevado e rendimentos anuais mais elevados, conclui o estudo que inquiriu cerca de duas mil pessoas.

 

 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.