As empresas portuguesas fazem um uso generalizado das tecnologias da informação, mas grande parte continua sem ter site próprio na Internet, segundo dados avançados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os resultados mais recentes do Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas revelam que 97 por cento das empresas com dez ou mais pessoas ao serviço utilizam computador, 94 por cento dispõem de acesso à Internet e 92 por cento usam email.

Entre as empresas que dispõem de acesso à Internet, 94 por cento usam tecnologias de banda larga. Se considerarmos o número total de empresas inquiridas o valor é de 83 por cento.

Tal como acontece no índice geral de acesso à Internet, o recurso à banda larga varia na razão directa da dimensão das empresas, situando-se em 81,6 para negócios com 10 a 49 funcionários e nos 98 por cento para as empresas com mais de 250 pessoas ao serviço.

O relatório refere também que 22 por cento das empresas portuguesas realizaram encomendas através da Internet, durante o ano anterior.

Embora o inquérito de 2010 mostre uma utilização generalizada das TIC por referência ao uso de computador, correio electrónico e Internet, são muitas as empresas que ainda não têm site próprio.

O INE refere que apenas cerca de metade das empresas (52% em média) tem presença online. O valor porém é significativo em alguns sectores, como nas empresas de "Actividades financeiras e de seguros" (96%) e de "Actividades de informação e de comunicação" (94%).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.