A Adobe alertou para uma vulnerabilidade "importante" no Flash que pode colocar em causa a segurança dos utilizadores do software em computadores Windows, Mac, Linux e Solaris e também smartphones Android.

A falha de script afecta as versões 10.3.181.16, e anteriores, do Flash Player para Windows, Macintosh, Linux e Solaris e o Flash para Android na sua versão 10.3.181.16 e anteriores, detalha a empresa, numa mensagem publicada online.

O aviso chega acompanhado da actualização para o Flash Player 10.3.181.22, que os utilizadores de computadores já podem descarregar no site da Adobe.

Os proprietários de telefones com o sistema operativo móvel da Google deverão procurar no Android Market a actualização para o Flash 10.3.185.22 para Android, que é esperada ainda esta semana.

Segundo a fabricante, os utilizadores deverão proceder o mais rapidamente possível à actualização, uma vez que há indicações de que a falha esteja a ser explorada, permitindo o acesso por terceiros aos dispositivos infectados e a disseminação da ameaça.

A infecção dá-se quando o utilizador visita um site com código malicioso e uma vez atacados, os sistemas podem ser usados para aceder a outros sites, ao email e aplicações do utilizador. De acordo com a Adobe, os utilizadores estão a ser atraídos para estes sites maliciosos através de links enviados por email.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.