As novas versões beta do Chrome OS e do Google Chrome têm uma nova funcionalidade: os utilizadores supervisionados, uma tradução livre de Supervised Users. Esta ferramenta permite a criação de vários perfis de utilizador dentro do mesmo computador e navegador, mas com níveis de controlo e restrições diferentes.

A funcionalidade é vista como uma aposta forte para as plataformas a nível dos controlos parentais. Desta forma tanto o Google Chrome como os computadores Chrome OS podem ficar mais apelativos para pais e professores.

A conta de utilizador que tiver mais privilégios tem acesso a dados das outras criadas, como histórico de navegação, possibilidade de criação de listas de sites que podem ser visitados e outra de páginas que estão bloqueadas. O utilizador "supervisionado" pode também requerer o acesso a algum site específico, notificação essa que aparecerá ao "supervisor".

[caption]Chrome[/caption]

Para quem faz parte dos canais beta do Google Chrome a novidade vai ficar disponível ainda esta semana, tal como é revelado num blogue oficial da tecnológica norte-americana. Os Supervised Users vão estar disponíveis nas versões para Windows, Mac e Linux.

A Google continua a evoluir o Chrome em funcionalidades e capacidades. Recentemente foram revelados planos para o navegador em que a versão para Windows transforma-se numa espécie de Chrome OS - um sistema operativo dentro de outro.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.