A Google e a Ford, uma das maiores fabricantes automóveis do mundo, podem anunciar durante a CES 2016 uma parceria para o desenvolvimento de um carro com sistema de condução autónoma. A acontecer o projeto dos ‘veículos sem condutor’ da Google começa a ganhar novos contornos.

A informação é adiantada pela publicação Yahoo Autos que fala mesmo numa joint-venture, isto é, na possível criação de uma entidade que contará com o apoio das duas gigantes mundiais. Ao apostar numa entidade externa, a Ford estaria a proteger o seu negócio nuclear caso as tecnologias autónomas venham a sofrer críticas no futuro.

Do lado da fabricante automóvel a intenção com o acordo será a de apanhar um ‘atalho’ para as tecnologias de condução autónoma, o que faria a marca aproximar-se de outros fabricantes de automóveis como a Mercedes ou a Tesla.

Do lado da Google haverá sobretudo interesse em aceder à experiência da Ford no desenvolvimento dos veículos propriamente ditos, o que pode levar a tecnológica a poupar muito dinheiro que noutro cenário seria investido em protótipos. É de destacar que o atual líder da divisão de veículos autónomos da Google já trabalhou mais de uma década na Ford.

Ainda na semana passada surgiu um outro rumor que dava conta da intenção da Google em criar um spin-off a partir da divisão de carros de condução autónoma, empresa essa que reportaria diretamente à Alphabet.

Numa primeira fase a tecnológica norte-americana quer usar o seu sistema de condução autónoma para criar um serviço de partilha de boleias em ‘ambientes controlados’, como campus universitários, conglomerados de empresas e bases militares.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.