Dois anos depois de ter confrontado a hegemonia do Windows Media Player com a integração do iTunes da Apple nos seus computadores, a Hewlett-Packard comunicou agora que vai deixar de pré-integrar este software nos seus PCs de consumo em favor do Rhapsody da RealNetworks. A fabricante de hardware já tinha decidido deixar de distribuir a sua própria versão do iPod, o que antecipava um corte mais radical com a estratégia de serviços e produtos de música digital da Apple.




O Rhapsody passa a ser o software integrado em todos os computadores e notebooks da HP a partir da Primavera deste ano, ganhando os clientes da empresa um bónus de 30 dias para experimentarem o serviço de música online da RealNetworks.




O acordo com a RealNetworks poderá ser também uma porta para que a empresa alargar a sua área de influência a dispositivos diferentes do computador pessoal, aumentando a assim a sua presença junto dos utilizadores, à semelhança do que a Apple fez com o iPod e com a parceria com a Motorola para os telemóveis. Entre os desenvolvimentos previstos contam-se a inclusão de uma função de acesso ao serviço Rhapsody directamente nos PCs Media Center da HP.



A HP aproveitou ainda a CES para lançar uma série de produtos para a casa digital, onde se incluem televisores de alta definição, seguindo a sua estratégia de alargamento do negócio além dos PCs.

Notícias Relacionadas:

2005-08-01 - HP põe fim à parceria com a Apple para a venda de iPods
2004-08-27 - Novo conjunto de produtos Hewlett-Packard para o mercado de consumo traz iPod+HP

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.