A IBM anunciou que conseguiu produzir o primeiro chip de 7 nanómetros do mercado. O processo de fabrico a 7 nanómetros vai permitir multiplicar por quatro o número de transístores integrados no processador, face aos chips fabricados a 14 nanómetros.

Para alcançar este novo passo na evolução dos processos de fabrico, a IBM explica que recorreu a novas técnicas de litografia e que alterou os materiais usados, substituindo o silício por uma liga do mesmo material.

Os processadores de 7 nanómetros vão demorar a chegar ao mercado. No roadmap da Intel, líder mundial do sector, o próximo passo é a produção a 10 nanómetros. Também falta saber se a produção em massa a 7 nanómetros será viável, por causa dos custos que pode implicar.

Neste projeto a IBM contou com um conjunto de parceiros, integrados num consórcio liderado pela Big Blue. Samsung, Suny Polytechnic Institute e a GlobalFoundries, que fabrica os chips da IBM.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.