A IBM apresenta hoje um novo modelo servidor dirigido ao mercado open source empresarial. O novo OpenPower é equipado com um chip Power5 e pode correr as versões Linux dos sistemas operativos desenvolvidos pela Red Hat, Novell e SuSe.



A aposta no software livre - com o lançamento de novos modelos de servidores equipados com Power5 - é encarada não apenas como uma forma de ganhar terreno neste mercado, mas também como forma de rentabilizar os investimentos feitos no Power5 e na arquitectura de 64 bits, comentam analistas consultados pela Reuters.



Segundo as mesmas fontes, a estratégia da IBM passa pelo posicionamento no mercado como uma das principais plataformas Linux 64 bits no mercado de servidores. Estimativas da própria empresa apontam para que o mercado de servidores Linux valha anualmente 4 mil milhões de dólares.



O novo eServer OpenPower 720 vai estar disponível a partir do dia 24 de Setembro e irá custar 5 mil dólares (preço base). Embora venha apenas equipado com um chip Power5, o novo modelo pode ser carregado com um máximo de quatro chips. No próximo ano a empresa conta colocar no mercado uma versão actualizada do OpenPower equipada de raiz com dois processadores Power.



A família Power5 compete com a Opetron da AMD e com os processadores Itanium da Intel.
A IBM posiciona o modelo na gama baixa do mercado competindo directamente com os servidores Unix da Sun, baseados nos chips Ultrasaprc e também com os modelos x86 de várias fabricantes onde se incluem nomes como a Intel e a AMD.



De sublinhar que a tecnologia x86 é mais popular que a tecnologia Power, desenvolvida pela IBM, tendo vendido no ano passado 118 mil servidores, enquanto os chips x86 equiparam 4,7 milhões de servidores vendidos, dizem números da IDC.



Em comunicado oficial, disponibilizado a meio da tarde a IBM detalha alguns testes de performance efectuados entre o novo Power5 e modelos da mesma gama comercializados pela HP e pela Dell em que o Power5 terá obtido resultados muito positivos para um computador de gama de entrada.



O documento refere ainda que o OpenPower 720 vai estar disponível em duas versões: com microprocessador de 1,5 GHz e 1,65 GHz, com uma capacidade máxima de memória de 64GB.



Notícias Relacionadas:

2004-07-13 - IBM apresenta nova linha de servidores Unix e compara ofertas concorrentes

2004-05-03 - IBM anuncia primeiros modelos Power5 e reforça marca eServer

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.