A Philips, uma marca detida pela PT Vision, já tinha mostrado um protótipo de televisor que usa a tecnologia Ambilux: através de pico-projetores é feita uma projeção da imagem da TV na parede, criando um efeito de expansão.

Agora o conceito vai tornar-se comercial quando o primeiro televisor Philips Ambilux chegar ao mercado já em outubro. O objetivo é criar uma experiência visual mais rica, mais completa e imersiva. Mas também acaba por ter efeitos ao nível da visão, já que o esforço para os olhos é menor fruto da maior iluminação existente.

Ao nível de características a Philips Ambilux apresenta-se como um televisor Ultra HD e com um tamanho de 65 polegadas. Ao nível de sistema operativo a aposta continua a recair sobre o Android TV da Google.

Nas referências que é possível encontrar na imprensa internacional existem várias referências a um projeto da Microsoft que assenta no mesmo conceito: o Illumiroom, onde através de uma projeção na parede era possível expandir os cenários dos videojogos que estão a ser jogados nos televisores.

Os que quiserem uma experiência ainda mais completa podem também sincronizar o conteúdos da Ambilux TV com as lâmpadas Philips Hue, o que ajuda a criar um determinado ambiente a 360º.

Veja aqui as restantes novidades que foram apresentadas na IFA 2015

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.