Embora não se soubessem quais os novos produtos tecnológicos que a Acer iria levar para Berlim, onde está a decorrer a IFA, a fabricante colocou há dias na sua conta do Twitter uma mensagem enigmática: “conceitos formam ideias, e ideias formam a beleza”, convidando para a sua conferência no certame, com uma imagem de um Big Bang, com um portátil no fundo, alegando à “génesis da criatividade”. O certo é que se esperava que a Acer anunciasse os seus primeiros portáteis baseados na décima geração de processadores da Intel, mencionados no próprio website da empresa. E quem sabe, novos portáteis da linha Predator.

Jason Chen, CEO da Acer, assumiu o palco para confirmar novos produtos para o alinhamento de Natal referentes a portáteis, seja para os segmentos do consumo, entretenimento e empresarial. A empresa apresentou assim um novo alinhamento de Chromebooks com suporte a Google Assistant, entre eles o Acer Chromebook Enterprise, como aliás, a própria Dell já havia anunciado anteriormente nos seus computadores. Ao todo foram revelados quatro novos Chromebooks: dois com ecrãs grandes, sendo o maior de 15,6 polegadas, mas ambos com autonomia para 12,5 horas a funcionar; os outros dois modelos pretendem ser "super-portáteis" de 11,6 polegadas, com 10 horas de autonomia. Há uma aposta na conectividade dos modelos, incluindo duas portas USB-C 3.1 Gen 1, duas portas USB 3.1 e um leitor de cartões MicroSD. Relativamente a preços, os quatros modelos variam entre os 249 euros a 329 euros.

Foi ainda confirmado o portátil Swift 5, com a fabricante a continuar a senda de oferecer o mais fino e leve do portátil, depois do Swift 7, Swift 1 e Swift 3. Este tem 990 gramas, bezels com menos de 4 mm e promete uma autonomia com mais de 10 horas. O pequeno portátil foi alvo de um design simplista, mas pretende ser poderoso, com um processador Intel i7 de décima geração (juntando-se ao Project Athena da Intel) e uma placa gráfica NVidia MX250. Já vem também equipado com Wi-fi 6, estando assim pronto para a próxima geração de ligações wireless. Será possível utilizar voz para interagir com o computador através da Cortana. Quanto a preços, o novo Swift 5 chega em setembro a partir dos 999 euros. O Swift 3 custará 599 euros também com lançamento em setembro.

Há muitos criadores de conteúdos que ainda utilizam os smartphones para gravar vídeos na vertical. Por isso, a Acer apresentou o projetor C250i destinado a partilhar imagens em Full HD, via wireless de vídeos que tenham sido gravados em qualquer posição, incluindo na vertical. O projetor é em simultâneo uma coluna de áudio Bluetooth. Na prática, o sistema deteta qualquer ângulo dos vídeos, e graças à sua forma cilíndrica “torcida”, pode projetar para o teto, para uma parede ou qualquer outra superfície, bastando pousar o dispositivo na respetiva posição sem necessidade de suporte, que a imagem adapta-se. O dispositivo, para além de ser wireless, suporta conexões HDMI, assim como USB-A e USB-C. O Acer C250i estará disponível em janeiro do próximo ano, com um preço de 539 euros.

Depois de ter apresentado a linha ConceptD em Nova Iorque, a Acer introduz agora o ConceptD 3, idealizado para criadores de vídeos para o YouTube e para designers gráficos. Tem um processador Intel Core i7 de nona geração, e uma gráfica GTX 1650. O novo ConceptD 5 foi “refrescado” com as novas placas gráficas RTX 2060. O ConceptD 7 Pro é a linha profissional, com uma Quadro RTX 5000 da NVidia, projetado para aplicações mais exigentes para trabalhar gráficos. Promete ainda ser silencioso para “não incomodar os artistas”. O ConceptD 9 Pro, foi desenhado para lidar com conceitos de inteligência artificial e edição de vídeo a 8K, por exemplo.

Os gamers não poderiam ser esquecidos, e como se esperaria, a Acer apresentou novos portáteis da gama Predator. O Triton 300 aposta as fichas no sistema de refrigeração, um ecrã de 144 MHz com uma taxa de refrescamento de 3 milissegundos. Tem uma placa gráfica GTX 1650 da NVidia e um processador i7 de nona geração. O computador tem um sistema de refrigeração que aumenta a performance dos processadores chamada PowerGem, uma tecnologia criada pela empresa.

Futuramente vão também chegar ao mercado outros computadores da gama Predator, o Orion 9000 e o Helios 700. Os jogadores hardcore necessitam de estar confortáveis a jogar, por isso, a fabricante revelou uma nova versão da cadeira gaming, Predator Chronos Air, destacando-se pelas capacidades de massagem aos utilizadores. Sim, é possível desfrutar de uma boa massagem sem pausar a ação. O Predator Triton 300 chega em outubro, com preços a partir dos 1.299 euros. Já a cadeira chega no último trimestre do ano com um preço de 8.975 euros.

Mantendo a aposta nos eSports, a Acer revelou a sua nova plataforma social Planet9. Trata-se de uma plataforma aberta, que permite aos jogadores construírem a sua equipa e acedam a ferramentas para treinar. Para já encontra-se em beta fechada, mas no fim de janeiro de 2020 será lançada para todos testarem. A ferramenta pretende substituir os chamados gaming room, onde os jogadores que se candidatam às equipas são submetidas a testes. A plataforma oferece estatísticas dos jogos, serviços de coaching, emparelhamento de jogadores e o chamado Carry, em que os “noobs” juntam-se aos mais experientes para aprenderem.

O SAPO TEK está a acompanhar todas as novidades da IFA 2019 e pode seguir todas as notícias que estão a ser relevadas na feira de eletrónica de consumo em Berlim.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.