A Intel revelou a décima geração de processadores, denominado por Comet Lake, numa altura em que se apresenta no mercado refrescada com novidades. Recentemente a empresa vendeu a sua divisão de modems à Apple, ficando de fora desta corrida tecnológica para a quinta geração móvel. A empresa falou também recentemente sobre o seu primeiro chip totalmente dedicado à inteligência artificial, projetado para acelerar a implementação de Deep Learning em grande escala.

tek intel

A nova geração de processadores abre assim mais combinações, com o objetivo de oferecer experiências à medida dos utilizadores, seja em produtividade como performance, em portáteis finos e leves, como designs 2 em 1, garantindo maior autonomia dos sistemas. Como novidade foi introduzido pela primeira vez um processador de seis núcleos à série U, ou seja, nos ultraportáteis.

Os novos processadores baseiam-se no processo de fabrico de 14 nanómetros e terão até 12 threads, suportando uma velocidade de relógio até 4,9 GHz de frequência. E apesar de não terem as vantagens dos chips de 10 nm Ice Lake, a Intel garante uma melhoria geral de performance até 16% e até 41% de produtividade e utilização multitasking no Office 365, por exemplo.

tek intel

A tecnológica refere que os novos processadores serão equipados nos computadores que vão chegar na época natalícia. A estreia será feita em máquinas que estão a ser verificadas pela Intel no programa de inovação e autenticação, merecedoras do novo selo “Engineered for mobile performance”, anunciado recentemente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.