Representando um ligeiro aumento de velocidade face ao anterior topo de gama de 3,06 GHz, o novo processador Pentium 4 de 3,2 GHz lançado hoje pela Intel é o chip mais
rápido de toda a linha de produtos da fabricante de semicondutores, possuindo um bus frontal de 800 MHz e oferecendo suporte para a tecnologia Hyperthreading.

A tecnologia de Hyperthreading permite que o computador suporte sem grande perda de desempenho as tarefas mais pesadas em termos de processamento multimédia, possibilitando efectuar duas tarefas em simultâneo de uma forma eficiente. Esta funcionalidade tem sido ultimamente integradas em grande parte dos Pentium 4.

Os analistas consideram que este Pentium 4 será também o processador mais rápido no mercado durante os próximos meses. O modelo original desta linha já tinha gerado uma distância em relação ao rival Athlon da AMD, de acordo com os testes de benchmark. Por outro lado, não se espera que a AMD introduza um novo chips para PCs desktop antes de Setembro, quando for lançado o Athlon de 64 bits. Os computadores pessoais que integram chips desta fabricante são geralmente comercializados a um preço inferior do que o das máquinas correndo processadores Intel da mesma velocidade.

O novo Pentium 4 será também provavelmente um dos últimos da sua série. No segundo semestre do ano, a Intel planeia revelar o sucessor do Pentium 4, conhecido pelo nome de código Prescott, o primeiro processador produzido de acordo com o processo de fabrico de 90 nanometros. O Prescott baseia-se na mesma arquitectura básica mas contém novas instruções para o processamento de aplicações multimédia, bem como outras funcionalidades.

Em quantidades de mil unidades, este processador agora lançado de 3,2 GHz custa 637 dólares. No início deste mês a Intel reduziu o preço de outros chips para PCs desktop.

Ao mesmo tempo, a fabricante de semicondutores está já a preparar o Madison, uma nova versão do chip Itanium 2, destinada especialmente para estações de trabalho e servidores com processador duplo, estando vocacionado para clusters de elevado desempenho. Em Portugal esta versão do processador deverá ser apresentada no próximo dia de 30 de Junho num evento organizado em conjunto pela Intel e a HP.

O Madison irá correr a uma velocidade de 1,5 GHz e integrar entre 3 a 6 MB de memória cache. Segundo a Intel, irá oferecer um desempenho 50 por cento superior ao do McKinley, nome de código do actual Itanium 2. Por sua vez, a AMD deverá anunciar uma versão do seu chip Opteron de 64 bits para servidores equipados com oito processadores até ao final do trimestre.

Notícias Relacionadas:
2002-11-29 - Próxima
geração do processador Itanium vai funcionar a 1,5 GHz

2002-11-14 - Intel
ultrapassa 3 GHz com novo processador Pentium 4

2002-07-09 - Segunda
geração do processador Itanium da Intel já está disponível

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.