A Intel está a trabalhar em novos produtos Wi-Fi, incluindo um ponto de acesso wireless baseado em software e um processador de baixo consumo para dispositivos portáteis.



Segundo declarações recentes do presidente da empresa Paul Otellini, citado pela News.com, o futuro chipset para desktop, com o nome de código Grantsdale e a ser lançado na primeira metade do próximo ano, incluirá um ponto de acesso wireless baseado em software. O Grantsdale será usado com o futuro processador da fabricante para desktops, conhecido como Prescott.



O software irá essencialmente possibilitar que um "desktop funcione como um ponto de acesso dentro de casa", explicou Otellini. A característica exige igualmente que seja usada uma antena rádio com o desktop. Poderia contudo eliminar a necessidade de compra de um terminal de ponto de acesso 802.11b para montar uma rede doméstica. Em vez disso, o utilizador poderá usar o ponto de acesso integrado para criar a rede wireless e ligar dispositivos de electrónica de consumo. Numa fase inicial, a característica não deverá ser incluída nos PCs mais baratos.



O responsável da Intel mencionou ainda o lançamento para 2004 de um processador baseado no standard 802.11 de "muito baixo consumo" que pode ser integrado em PDAs e telemóveis.



Além do desenvolvimento dos novos chips e dos pontos de acesso integrados, a Intel também tem vindo a discutir a venda dos seus módulos wireless, concebidos para os portáteis de tecnologia Centrino, a fabricantes na área da electrónica de consumo e outras empresas.



Notícias Relacionadas:

2003-10-29 - Processadores Wi-Fi da Intel disponíveis para encomenda

2003-05-29 - Preços de chips WI-FI vão descer exponencialmente durante este ano

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.