Apesar das descargas da aplicação terem de ser feitas manualmente, os utilizadores do browser não quiseram esperar pelo dia 1 de Novembro para terem acesso ao Internet Explorer 7 através dos Automatic Updates da Microsoft. Bastaram quatro dias para a nova versão do IE7 superar os três milhões de downloads, anunciou Tony Chor da Microsoft ao Vnunet.



Por enquanto o browser está apenas disponível em inglês mas, nos próximos dias, serão disponibilizadas versões em vários idiomas assim como uma edição para o Windows Vista.



Mesmo fazendo sucesso entre os internautas, é de salientar que, apenas um dia após o seu lançamento, foi detectada uma falha de segurança no browser justamente numa das componentes que o diferenciavam de versões anteriores, nomeadamente, o filtro anti-phishing.



Por coincidência esta vulnerabilidade afecta a navegação por tabs, outra das novidades da aplicação. Ao visitar simultaneamente uma página falsa e uma verdadeira, onde constem informações pessoais - como um site bancário -, a primeira "consegue ler" os dados confidenciais do utilizador, utilizando-os posteriormente para fins maliciosos.



Esta semana, a Secunia publicou um novo relatório que aponta uma nova falha no browser, mais uma vez, no controlo anti-phishing. A segunda vulnerabilidade permite que seja aberto um pop-up, com a morada de um site verdadeiro visitado pelo utilizador, mas de conteúdo falso.



Embora sem dar grande relevância ao assunto, a Microsoft assume o erro e refere que o filtro anti-phishing do browser pode ajudar o utilizador a não ser enganado por um site malicioso em casos como o que aqui foi referido.

Notícias Relacionadas:

2006-10-26 - Firefox 2.0 inclui bug detectado em versões anteriores

2006-10-20 - Internet Explorer 7 tem falha de segurança no controlo anti-phishing

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.