Seth Shostak, investigador principal no instituto de Procura de Inteligência Extraterrestre (SETI), nos EUA, disse durante uma audição no comité da Ciência, Espaço e Tecnologia do governo norte-americano que será encontrada vida fora da Terra nas próximas duas décadas.



Para fundamentar a ideia o cientista baseou-se em estudos e em grandes avanços que têm sido dados na área da astronomia. Seth Shostak relembrou por exemplo que o telescópio Kepler da NASA já conseguiu detetar, apenas na Via Láctea, vários planetas semelhantes à Terra nas condições propícias ao aparecimento de vida.



“A Via Láctea pode ser casa de 10 a 80 mil milhões de planetas semelhantes à Terra”, explicou. O investigador lembrou ainda que cerca de 70% das estrelas conhecidas têm planetas associados em sistemas – tal como o Sistema Solar – e que só a Via Láctea deve ter cerca de um bilião de planetas. Esta realidade multiplica-se depois pelas 150 mil milhões de galáxias conhecidas.



Mas a vida pode estar mais perto do que se pensa com as luas Europa e Ganimedes de Jupiter a constarem entre os candidatos com maiores probabilidades. Um outro exemplo é o robot Discovery está em Marte talvez não para descobrir vida, mas antes para descobrir sinais de vida que já possam ter existido no planeta.



Olhando para os avanços tecnológicos e para o resultado dos mesmos, Seth Shostak acredita que com o devido financiamento será possível encontrar vida extraterrestre nos próximos 20 anos, conta a imprensa internacional.



Um outro investigador, Dan Wethimer, durante a mesma audição, disse que o bizarro seria apenas existir a vida humana num sistema tão vasto e complexo. Em conjunto com Shostak, defendeu ainda que dificilmente o planeta Terra recebeu a visita de extraterrestres pois consideram que essa seria uma informação que os governos não iriam querer esconder.



Por fim ficou o alerta de que, quando for descoberta, a vida extraterrestre pode apenas cingir-se a vida microbiana e não a seres completamente desenvolvidos como os que se encontram na Terra.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.