Em setembro, uma equipa constituída por investigadores da Universidade Shizuoka e outras instituições, no Japão, vai conduzir os primeiros testes de um protótipo de um projeto destinado a construir um “elevador” que irá ligar a Terra à Estação Espacial Internacional. O objetivo é transportar carga, mas também pessoas e a ideia é substituir o uso de foguetões.

Os cientistas querem experimentar e observar o comportamento das peças mecânicas envolvidas num projeto desta dimensão fora da atmosfera e da gravidade da Terra. Para isso vão reproduzir o sistema em “miniatura” e testá-lo no Espaço.

No dia 11 de setembro, serão enviados para a Estação Espacial Internacional (ISS) dois microsatélites, cada um com apenas 10 centímetros, para depois serem lançados no espaço pelos astronautas, ligados um ao outro por um cabo de aço de cerca de 10 metros.

A par dos satélites, será lançado um contentor que irá fazer de cabine de elevador e que será movido através do cabo que liga os satélites usando um motor. Uma câmara acoplada aos satélites vai registar os movimentos da “cabine”.

Mesmo que a pequena reprodução tenha sucesso na sua missão, ainda vai demorar muito até que um projeto idêntico possa ser reproduzido em larga escala e transformado num verdadeiro elevador entre a Terra e a ISS, segundo explica o jornal japonês Mainichi, citado por várias publicações.

Para isso vai ser necessário ultrapassar determinados obstáculos, como desenvolver cabos especiais capazes de resistir aos raios cósmicos de alta intensidade, garantir a transmissão de eletricidade da Terra para o Espaço e evitar colisões com os detritos que circulam pela órbita do planeta.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.