A JP Sá Couto assinou um protocolo de colaboração com a Educomp, uma empresa indiana apresentada como uma das principais referências mundiais no desenvolvimento de conteúdos digitais para a área da Educação.

Como parte do acordo estabelecido, a empresa portuguesa vai passar a integrar na sua plataforma educativa, as soluções da Educomp, actualmente presentes em mais de 26.000 escolas, abrangendo 15 milhões de alunos e professores em todo o mundo.

A JP Sá Couto destaca que a Educomp possui um repositório de conteúdos multimédia com milhares de módulos animados em 2D e 3D "criados de forma simples e ergonómica, fomentando o papel de tutor dos professores e contribuindo para melhores resultados dos alunos". Estes conteúdos estão disponíveis em mais de 11 línguas.

"Uma das mais-valias desta parceria é a flexibilidade, rapidez e capacidade de adaptação dos conteúdos produzidos pela Educomp à realidade local, cultural e linguística de cada país ou região", salienta Jorge Sá Couto, num comunicado enviado à imprensa.

O acordo servirá, desta forma, para "reforçar a proposta de valor bem como atestar a capacidade de atracão" do projecto educativo da JP Sá Couto, acrescenta o presidente do conselho de administração.

Contando com o Magalhães como protagonista, o projecto educativo a JP Sá Couto tem vindo a somar um cada vez maior número de adeptos. Depois da Venezuela, Uruguai e Hungria, entre outros, mais recentemente foi a vez da Suécia, Bolívia e Palestina manifestarem o seu interesse na plataforma, fazendo deslocar a Portugal comitivas próprias.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.