No dia 9 de abril chegou ao fim o suporte oficial da Microsoft ao Windows XP – apesar de o sistema operativo ter recebido uma atualização de “emergência” fora de horas. Agora que estão disponíveis os resultados mensais da NetApplications sobre sistemas operativos, sabe-se que o XP continua com 25,27% de quota de utilização, 1,02 pontos percentuais a menos do que no mês passado.



Desde janeiro – altura em que a Microsoft intensificou os avisos sobre o fim do suporte - que a taxa do Windows XP apenas baixou 4,03 pontos percentuais, numa média de 0,80 pontos percentuais por mês. Se esta média se mantivesse até ao final do ano, o sistema operativo chegaria ao final de 2014 um pouco abaixo de uma quota de 20%. Mas neste caso a fórmula é variável.



O destaque para o Windows XP justifica-se pelo facto de ser um sistema operativo vulnerável a ameaças informáticas e que continua a ter uma grande taxa de utilização.

[caption]Nome[/caption]

Olhando para os restantes dados, o Windows 7 continua a ser o líder destacado dos sistemas operativos com uma quota de mercado de 50%. Abaixo do XP aparecem longe o Windows 8.1 e o Windows 8, com 6,35% e 6,29% respetivamente – juntos totalizam 12,64% do mercado.



O Mac OS X Mavericks aparece como o mais popular não-Windows com uma taxa de 4,15%. O Linux tem-se mantido estável, apresentando em maio 1,62% de quota.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.