Em abril do ano passado, a Intel anunciou oficialmente a desistência da produção de modems 5G para smartphones. A medida representa uma grande mudança de estratégia da empresa liderada por Bob Swan, que pretende agora focar-se na tecnologia 5G para infraestrutura de rede. E mais tarde, a Apple prontificou-se para adquirir a divisão de modems da fabricante de chips.

O certo é que apesar da Intel não considerar fabricar os seus próprios modems 5G, a sua parceria com a MediaTek deu origem a um novo modem para portáteis, vocacionado para a quinta geração mobile. Foi assim revelado o modem MediaTek T700 5G, que foi desenhado para integrar a próxima geração de portáteis alimentados pelos processadores da Intel.

Do lado da Intel, a empresa tem vindo a trabalhar numa plataforma de otimização com sistema de integração, validação e desenvolvimento em torno do chip 5G.

tek mediatek

No comunicado é referido que o novo modem suporta arquiteturas de redes 5G Sub-6, autónomas ou não autónomas, para uma maior velocidade e estabilidade nas ligações, construída tanto para o consumo em casa dos utilizadores, ou em deslocações. Isto significa que os portáteis terão capacidade de fazer chamadas diretamente ou ligar-se online a alta velocidade. O modem é também descrito como energeticamente eficiente, para prolongar a duração da bateria, evitando carregamentos do computador ao longo do dia.

Os primeiros portáteis, ainda por anunciar, a serem lançados com o novo modem T700 5G devem chegar algures no início do próximo ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.