As vendas mundiais de servidores totalizaram 1,08 milhões de unidades no segundo trimestre de 2002, num crescimento de apenas 0,5 por cento face ao mesmo período do ano passado, indica a Gartner Dataquest, perante os resultados preliminares de um estudo recente. Já no mercado norte-americano foram expedidas 482.647 unidades, mais 9,9 por cento face ao mesmo trimestre do ano passado.



A empresa de estudos de mercado salienta contudo que estes números não são necessariamente um sinal do fim da crise do mercado, já que ainda não se verificou um crescimento de receitas consistente entre as empresas e, sem que isso aconteça, as estas não poderão investir em novos equipamentos servidores.



A recente fusão entre a Hewlett-Packard e a Compaq colocou a HP no lugar cimeiro a nível mundial e nos Estados Unidos, considerado como mercado isolado, apesar de ter vendido menos do que no ano passado.



A HP detém actualmente 30,5 por cento do mercado internacional de servidores e 26,8 por cento do mercado norte-americano desse tipo de computadores.
A Dell surge na segunda posição, com uma quota de 18 por cento no mercado mundial e de 24 por cento no norte-americano, seguida da IBM com, respectivamente, 14,5 por cento e 13,3 por cento de quota.



Nas posições seguintes situam-se a Sun Microsystems, com 6,5 por cento de quota a nível mundial e 7,5 por cento nos Estados Unidos, e a NEC, detendo internacionalmente 2,2 por cento do mercado e 1,1 por cento nos EUA.



Notícias Relacionadas:

2002-07-22 - Vendas mundiais de PCs baixam pela quinta vez consecutiva

2002-05-14 - Sun aproxima-se da IBM no mercado norte-americano de servidores

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.