Michael Dell admitiu que caso a "Apple decidisse abrir o MAC OS a outras empresas nós ficaríamos satisfeitos de o poder oferecer aos nossos clientes". As declarações do presidente da Dell foram publicadas na Fortune e para já não passam de uma questão hipotética e pouco provável, tendo em conta que há poucas semanas um executivo da Apple frisou que a empresa não tem intenção de colocar o seu sistema operativo noutros fabricantes.



A afirmação foi de Phil Schiller, vice-presidente da Apple, comentando a apresentação de Steve Jobs na conferência mundial de programadores da empresa onde este anunciou que a partir do próximo ano os MAC serão equipados com processadores Intel.



Nessa altura, o responsável admitiu que os PCs equipados com processadores Intel poderiam correr uma versão Windows, mas deixou claro que a empresa não tem planos para abrir o seu sistema operativo a outros fabricantes.



Para já a Dell vende os seus PCs com sistema operativo Microsoft, em exclusivo, já nos servidores vende também Red Hat, SuSe Linux e NetWare, numa tentativa de cobrir um leque alargado de alternativas para o cliente.



Na sequência da declaração de Michael Dell a imprensa internacional tentou confirmar junto do responsável se uma eventual adopção do sistema operativo da Apple seria aplicável ao mercado de PCs, servidores ou ambos, sem sucesso.



Notícias Relacionadas:

2005-06-06 - Apple muda arquitectura para "Intel inside"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.