O pacote mensal de correções da Microsoft para o mês de fevereiro é um dos maiores de sempre, reparando 57 falhas agrupadas em 12 boletins de segurança, dos quais são merecem a classificação mais elevada em termos de relevância das falhas que corrigem.



Para além das falhas críticas em cinco boletins, as restantes são classificadas pela Microsoft como importantes, o segundo escalão mais grave na tabela de classificação do perigo atribuído a cada vulnerabilidade.



Visados pelas falhas estão a generalidade dos produtos de software da empresa: Windows, Office, .Net Framework, Windows Server e Internet Explorer todos têm vulnerabilidades a corrigir.



No caso do navegador da Microsoft há mesmo dois boletins a endereçar questões de segurança no produto, em ambos os casos críticas e afetando todas as versões do IE. Num dos boletins que endereça problemas de segurança no browser há mesmo uma falha crítica que, uma vez explorada, permite a execução remota de código.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.