A Microsoft vai descontinuar o Windows Home Server e passar as funcionalidades do sistema operativo para o Windows Server Essentials 2012. A notícia foi confirmada pela empresa, que decidiu reduzir o número de versões do seu sistema operativo para servidor e passar para o novo portefólio de soluções na nuvem a oferta que deixa de ter suporte no formato tradicional.



"O Windows Home Server teve muito sucesso nos ambientes SOHO (small e home office) e entre entusiastas da tecnologia. Por isso decidimos combinar funcionalidades que antes estavam disponíveis apenas no aí, como o suporte para dispositivos compatíveis com DLNA e media streaming" no Windows Server Essentials 2012, explica empresa.



Na mesma nota, informa que posiciona o sistema operativo como o primeiro dirigido a utilizadores particulares e pequenos negócios.



O Windows Home Server foi lançado pela Microsoft em 2007 e atualizado pela última vez em 2011, versão que continuará nas lojas até final do próximo ano.



Foi apresentado como uma solução de arquivo de ficheiros e armazenamento de dados para o utilizador final, um posicionamento que com o novo conceito de armazenamento na nuvem deixou de fazer sentido.



Entretanto, o Windows Server 2012 será disponibilizado em apenas quatro versões: Datacenter, Standard, Essentials e Foundation. As funcionalidades básicas de cada uma das versões são idênticas, a maior diferença está no número de máquinas virtuais que cada uma pode suportar.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico




Cristina A. Ferreira

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.