O Windows XP tem sido um osso duro de roer para a Microsoft. Além de ainda estar instalado num em cada três computadores e de estar a "atrasar" a migração para versões mais recentes do sistema operativo, está a obrigar a gigante norte-americana a atenções redobradas no que diz respeito à segurança.

O suporte oficial para o Windows XP termina no próximo dia 8 de abril, mas em comunicado a Microsoft revelou que a proteção anti-malware vai estar garantida até 14 de julho de 2015. Tanto para empresas como para consumidores finais.

Na prática isto quer dizer que o Microsoft Security Essentials para o Windows XP vai continuar a receber atualizações até ao próximo ano. Uma ajuda tendo em conta que no espaço de três meses o sistema operativo vai deixar de receber atualizações críticas, tanto ao nível de estabilidade como ao nível de segurança.

Para os clientes empresariais está garantida a atualização das soluções System Center Endpoint Protection, Forefront Client Security, Forefront Endpoint Protection e Windows Intune.

A tecnológica admite no entanto que a eficácia da proteção anti-malware é limitada já que o software principal não acompanha essa tendência e fica exposto.

Esta semana ficou-se a saber que existe a probabilidade de a nova versão do Windows ser apresentada já na primeira semana de abril, na conferência de programadores BUILD, e que pode ser lançado no próximo ano.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.