A Trend Micro está a
alertar a comunidade de utilizadores do MSN Messenger para a circulação de dois
novos worms, o kelvir.b e o fatso.a, que classifica como de médio risco e
que se têm propagado na Ásia e nos Estados Unidos.



O kelvir.b e o fatso.a chegam ao computador através da aplicação de instant
messaging
da Microsoft e enviam cópias de si próprios a todos os contactos
do sistema infectado que estiverem online numa mensagem com um
link que quando "clicado" descarrega para o computador do receptor, sem
este saber, o próprio worm.



Embora tenham surgido na mesma altura e sejam ambos vírus residentes em memória
que propagam cópias de si próprios a todos os contactos activos do MSN
Messenger, pensa-se que os dois novos worms não estejam ligados entre si.



Segundo a Trend Micro, o fatso.a também se propaga através do serviço
online de partilha de ficheiros eMule. Este worm insere diversas
cópias nos sistemas afectados, apresentando vários nomes possíveis de ficheiros,
desde celebridades (“Fat Elvis! Lol.pif”, “ Jennifer Lopez.scr”), a
nomenclaturas mais atrevidas (“How a Blonde Eats a Banana.pif”, “Topless in
Miniskirt!lol.pif”).



A empresa de segurança explica também, num comunicado, que um destes ficheiros
apresenta o formato "txt" e contém uma mensagem pessoal para “Larissa”, o
criador do Assiral.A descoberto em meados de Fevereiro e criado para exterminar
o worm Bropia, igualmente destinado ao MSN Messenger (ver Notícias
Relacionadas).



Notícias Relacionadas:
2005-02-04 - Dois novos
worms usam redes do MSN Messenger para se propagarem

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.