A Nikon anunciou que irá abandonar definitivamente o fabrico de máquinas analógicas de 35 milímetros. A decisão aproxima a empresa de concorrentes como a kodak que em 2004 tomou decisão idêntica, limitando a produção de equipamentos analógicos aos mercados de América Latina, China e Índia.



Em comunicado, a empresa informa que ao longo dos últimos sete anos fabricou equipamentos digitais e analógicos mas que chegada uma altura em que o mercado digital absorve 95 por cento do seu negócio optou por concentrar esforços apenas nesta área, por considerar que desta forma está a "encorajar a procura num mercado cada vez mais competitivo".



Para já vão continuar a circular no mercado câmaras, lentes e acessórios analógicos da Nikon, mas apenas até esgotar o stock de produtos já fabricados, o que deverá durar ainda alguns meses.



As únicas excepções a esta decisão de abandono da tecnologia digital são para os modelos profissionais F6 e F10 que a marca vai manter. A Nikon conta também manter o serviço de pós-venda para os equipamentos analógicos.



Notícias Relacionadas:

2004-01-14 - Kodak suspende venda de máquinas fotográficas analógicas

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.