O spam vai continuar a ser uma ameaça para as contas das companhias e, segundo as previsões da McAfee para Março, altura em que o nível de mensagens de correio electrónico não desejadas aumentará 20 por cento, milhares de euros serão perdidos a nível empresarial em todo o mundo.

A maioria das organizações afirma que os seus filtros anti-spam bloqueiam cerca de 95 por cento das mensagens de correio electrónico não desejadas, mas essa "é uma percentagem que não chega", diz a McAfee.

De acordo com o relatório da empresa, os prejuízos não são só a nível financeiro, isto porque a produtividade também sai afectada. Pelas contas da McAfee, cada funcionário perde um minuto a analisar cada email não desejado que entra na sua caixa de correio electrónico. No final do ano, esta "paragem" representa uma perda de 126 a 182,5 mil dólares para uma empresa com cerca de mil funcionários.

Como sugestão, a McAfee aconselha todas as empresas a fazerem um upgrade das soluções que utilizam para uma que lhes garanta uma protecção de 99,5 por cento contra spam.

Em causa não está só o impacto financeiro associado às mensagens mas também o desgaste que as mesmas criam nos sistemas das empresas. Estima-se que todas as mensagens que escapam aos filtros, acabando por ficar nos sistemas, cheguem a ocupar até 20 kilobytes por email, explica Jeff Green, vice-president na McAfee Avert Labs.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.