A empresa de segurança informática Finjan está a investigar um novo tipo de Cavalo de Tróia bancário que não regista apenas informação de log in, mas rouba, efectivamente, dinheiro da conta da vítima, conseguindo até apresentar um extracto bancário falso.

Segundo a Finjan, o troiano bancário, de nome URLzone, foi criado para contornar as tecnologias de detecção de fraude e, segundo explica Yuval Ben-Itzhak, director de tecnologia na Finjan, citado pela IDG News Service, o malware está programado para calcular rapidamente a quantidade de dinheiro que poderá roubar de uma conta, considerando o total disponível.

"É a próxima geração de troianos bancários", considera o responsável. "Faz parte de uma nova tendência de Cavalos de Tróia mais sofisticados, desenhados para enganar sistemas antifraude".

Na sua investigação, a Finjan descobriu um episódio com clientes de um banco alemão, cujo nome não foi revelado. Nesta situação, cerca de 90 mil computadores visitaram os sites que alojavam o malware, dos quais 6.400 ficaram infectados, o que revela uma taxa de sucesso de 7,5 por cento.

Entre os utilizadores com computadores onde o troiano se instalou, algumas centenas viram as suas contas assaltadas. Durante o ataque que terá durado 22 dias, descoberto em Agosto, os criadores do URLzone terão roubado perto de 298,7 mil euros.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.