A Apple reuniu a imprensa numa escola secundária em Chicago, para apresentar novos produtos focados na educação. O evento, que contou com Al Gore, viu subir ao palco Tim Cook, o CEO da Apple, que começou o discurso a salientar a importância da edução de tecnologia nas escolas, destacando Chicago como a terceira cidade dos Estados Unidos que mais contribuiu para o ensino de programação.

O patrão da empresa referiu a importância dos iPad nas escolas, pela sua versatilidade e facilidade com que os alunos interagem com as aplicações na aprendizagem, reforçando que mais de 200 mil apps foram produzidas para o ensino. E os miúdos têm mais sucesso quando trabalham com o iPad.

Após a introdução foi apresentado o esperado novo iPad, de 9.7 polegadas, as dimensões do modelo atual. O dispositivo apresenta o mesmo sensor de pressão e tilt presente no iPad Pro e a Apple vai lançar novas versões do Pages, Numbers e Keynote com suporte ao Apple Pencil, o acessório para desenhar diretamente no iPad.

A Apple reforçou que este iPad pesa menos de meio quilo e está equipado com uma bateria que garante uma autonomia de 10 horas. O tablet oferece uma câmara de leitura de 8 MP, um processador A10 Fusion e vem com GPS e compasso e TouchID.

Posto de lado o novo iPad, as aplicações ganharam o protagonismo, sobretudo por permitirem trabalhar em grupo. É o caso da app Schoolwork, que será lançada em junho, que é uma ferramenta baseada em cloud (suportado com 200 GB de espaço livre), que permite distribuir tarefas entre os alunos e acompanhar o seu progresso. A aplicação é compatível com outras apps e permite gerar documentos, em formato de links ou PDF, com a facilidade com que se envia um email. O progresso, em forma de percentagem, parece um incentivo extra de competição entre os alunos no desenvolvimento de tarefas. Com apenas um clique é possível ver todo o percurso de trabalho de um aluno.

Mas se estamos a falar do ensino, os professores também foram foco dos planos da Apple. A empresa apresentou o Apple Teacher, um programa profissional de aprendizagem para professores. O desempenho dos profissionais será premiado com medalhas especiais, uma medida de “gameficação” ligada ao ensino. Este tipo de avaliação pretende tornar os professores ainda melhor, e mais uma vez, espicaçar a competição saudável entre os docentes.

ipad ensino

As aplicações baseadas em realidade aumentada também fazem parte da estratégia da marca da maçã, permitindo aos alunos interagir em grupo. A App Froggipedia foi mostrada como exemplo, uma aplicação onde é possível dessecar um pequeno sapo virtual, utilizando o Apple Pencil.

O iPad está disponível a partir de hoje (nos Estados Unidos), a um preço avançado de 329 dólares para consumidores e 299 dólares para as escolas.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.