Seja para quem adota o teletrabalho ou os que acabam por utilizar os seus equipamentos pessoais no local de trabalho, a Huawei revelou o seu novo tablet MatePad 11, com previsão de chegada ao mercado nacional em agosto. A fabricante pretende aproveitar o seu conceito multifacetado e flexível, por serem utilizados tanto como trabalho, como entretenimento, seja para editar conteúdos, fazer apresentações de documentos, navegar na internet ou assistir a um filme ou série.

O tablet chega ao mercado acompanhado da segunda geração do M-Pencil e um teclado que serve de capa ao equipamento, acessórios que prometem melhorar a produtividade dos profissionais. O tablet chega ao mercado com o sistema operativo HarmonyOS 2, aquele que é agora o ecossistema dos equipamentos da Huawei. Destaque para o sistema Botton App Dock, localizado no fundo da área de trabalho do tablet, onde estão alocadas as aplicações que mais utiliza, como o acesso ao email, à aplicação de Notepad, entre outras.

O sistema operativo facilita ainda o uso e configuração de diversas widgets para as aplicações para adicionar ao ecrã principal. Esses widgets são interativos e informativos, como o calendário que avisa de futuros compromissos diretamente do ecrã principal.

O ecrã do tablet tem uma taxa de atualização de 120 Hz, garantindo uma escrita mais suave e com maior capacidade de resposta. A Huawei diz que a latência quando está a tomar notas é baixa, na ordem dos 2 ms. O multi tasking é uma das funcionalidades mais divulgadas pela Huawei, na possibilidade de abrir quatro janelas para executar tarefas distintas. E a função Bubble permite alternar entre 10 janelas flutuantes, aumentando assim a rapidez com que troca de aplicações.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.