O número de computadores vendidos em todo o mundo terá aumentado 22,7 por cento durante o primeiro trimestre de 2010, segundo a iSuppli, impulsionado pela forte procura nos mercados asiáticos.

O crescimento alcançado reflecte a venda de 81,5 milhões de unidades, que comparam com os 66,5 milhões de máquinas registados no mesmo período de 2009.

De acordo com a consultora, esta é a maior subida registada desde 2003, ano em que começou a analisar o sector. A iSuppli estima que no final do ano o crescimento face às vendas de 2009 seja de 17 por cento

Os valores da iSuppli vão ao encontro dos números divulgados pela IDC em Abril, que apontava para um crescimento homólogo de 24,2 por cento nos primeiros três meses do ano.

Neste primeiro trimestre, as vendas de computadores desktop tiveram, de acordo com a iSuppli, aumento de um por cento, enquanto o segmento dos portáteis – que abrange notebooks e netbooks – cresceu 26,5 por cento.

A HP ainda não perdeu a liderança do mercado, somando 19,3 por cento do total de unidades comercializadas, seguida pela Acer, com 13,3 por cento, e pela Dell, com 13,1 por cento.

A chinesa Lenovo surge na quarta posição, com uma quota de 8,6 por cento, à frente da Toshiba e da Asus, que terminaram o trimestre com uma quota de mercado de, respectivamente 5,6 e 5,4 por cento.

A Apple arrecada a sétima posição, com a marca a representar 3,4 por cento dos computadores vendidos nos primeiros três meses do ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.